Branding – 3ª Parte – Posicionamento em 3 fases – Passo I: questionário ou estudo de posicionamento

Agora vamos detalhar melhor, passo a passo, como você pode elaborar o seu posicionamento.

Passo I: questionário ou estudo de posicionamento
Nada mais é do que um diagnóstico do ambiente interno e externo da sua marca. Ou seja, seus pontos fortes, seus pontos fracos, as expectativas, necessidades e hábitos dos consumidores, segmentos e status das marcas concorrentes.

Com relação aos seus pontos fortes e fraquezas, isso diz respeito apenas a você e, por isso, não caberá a análise neste texto, mas vamos te auxiliar na análise das outras partes.
Expectativas e necessidades: o que os clientes de personal training esperam dos seus serviços? Podemos listar muitas coisas, mas principalmente esperam um gerente de suas atividades físicas, ou seja, alguém que monte seus treinos, adéqüe às suas necessidades, estime suas metas, analise os resultados, etc. Esperam alguém que os sirva, acompanhando seus treinos no dia a dia, regulando os aparelhos, escolhendo os pesos, e por aí vai. E, por fim, esperam que alguém atenda às suas necessidades psicológicas, motivando, ouvindo seus problemas (ainda que nada tenham a ver com a atividade física) que os compreenda, que os elogie, que os ajudem a melhorar auto-estima, auto-confiança.

Ou seja, sem o personal trainer, muitas pessoas não conseguem se gerenciar, não conseguem ter uma freqüência mínima para obter resultados, não consegue fazer treinos eficazes, se desmotivam e não conseguem praticar atividades físicas.

Hábitos dos consumidores e segmentos: aqui caberá a sua análise sobre o mercado que procura um personal trainer. Para isso, será importante você entender a rotina das pessoas hoje em dia, que tipos de pessoas fazem atividade física com um personal, quanto tempo pretendem fazer atividades físicas e por que pretendem esse tempo, quantas vezes por semana, o que fazem decidir por um personal ou outro, etc.

Nessa análise você vai descobrir que existem o que chamamos de nicho de mercado ou segmentos. Ou seja, grupo de pessoas com características semelhantes como faixa etária, doenças, preferências, sexo, comportamentos, estilos de vida, e muitas outras.

Status das marcas concorrentes: comece identificando quem são seus concorrentes, ou seja, quem atende clientes que potencialmente poderiam ser seus. Você pode investigar isso pela internet, perguntando para pessoas, ou verificando materiais gráficos.

No próximo texto você verá o segundo e o terceiro passos para escolher seu posicionamento.

Escreva um comentário

ver todos os comentários

Seu email não pode ser publicado. *